Posts belonging to Category Tempo de Cozimento



Forno Elétrico: Tempo e Temperatura para Assar

Ajuste o controle na temperatura indicada. Coloque o alimento em forno preaquecido, cozinhando por peso e no tempo indicado na tabela. Não é preciso refogar ou regar os assados. E o mais importante, verifique regularmente para não deixar que os alimentos passem do ponto.

Alimento Temperatura (ºC) Tempo
Carnes recheadas 180º 34 a 45 minutos
Carne em caçarola 160º 120 a 180 minutos
Peixe 220º 20 a 60 minutos
Peixe assado ou recheado 180º 15 a 20 minutos
Presunto fresco 130º 20 a 25 minutos
Carneiro 155º 25 a 30 minutos
Porco 155º 30 a 35 minutos
Vitela 155º 30 a 35 minutos
Alimentos já cozidos 230º 15 a 20minutos
Carne (mal passada) 180º 15 a 18 minutos
Carne média 180º 15 a 20 minutos
Carne (bem passada) 180º 20 a 25 minutos
Filés 180º 15 a 20 minutos
Galinha 155º 25 a 30 minutos
Pato 155º 25 a 30 minutos
Peru 155º 30 a 35 minutos
Batatas Assadas 180º 40 a 60 minutos

Pães e Doces:

Alimento Temperatura (ºC) Tempo
Maçãs assadas 180º 20 a 45 minutos
Biscoitos 225º 12 a 15 minutos
PÃES      -       -
Branco (fermento) 180º 50 a 60 minutos
Muffins 220º 15 a 30 minutos
Doces (fermento) 200º 15 a 30 minutos
BOLOS       -      -
De xícara 175º 20 a 25 minutos
De claras 180º 20 a 30 minutos
Pão-de-ló 125º 50 a 60 minutos
SOBREMESAS      -      -
Cremes (leite) 160º 45 a 60 minutos
Bombas 180º 40 a 45 minutos
Merengues 155º 5 a 8 minutos
MASSAS PARA TORTA      –      -
Duas camadas (recheio cru) 225º 30 a 50 minutos
Duas camadas (recheio cozido) 220º 20 a 50 minutos
Massas de pastelão 225º 8 a 10 minutos
Pudins 175º 45 a 120 minutos
Suflês 175º 45 a 60 minutos

Forno: Tempo para o Preparo

Abaixo, denominações que são geralmente dadas ao forno segundo o grau de calor.

Forno Temperatura (ºC)
Lento, brando ou baixo 160º
Regular ou médio 180º
Quente ou alto 200º
Forte e bem quente 250º
Morno ou arrefecido Depois de apagado
 

Prova de Forno

Forno A melhor maneira de verificar a temperatura do forno é a utilização de um termômetro específico para esta finalidade. Uma dica para quem não possui o termômetro, colocar dentro do forno, alguns minutos depois de aceso, um pedaço de papel sulfite branco: o forno será brando ou baixo se o papel, em 2 minutos, ainda se conservar na sua cor natural; médio ou regular se o papel, em 1 1/2 minuto, ficar amarelado; e quente ou forte se o papel escurecer imediatamente.

Procure sempre colocar a forma ou o tabuleiro no centro do forno, a fim de aproveitar, por igual, o calor.

Existem fogões com indicadores especiais, que marcam a temperatura. E nos fogões elétricos, existe um controle automático, que pode ser ajustado à temperatura adequada.

Ingrediente Tempo aproximado de forno
Carne de vaca 50 minutos (ao ponto) por quilo
Carneiro 45 minutos por quilo
Frango 40 minutos por quilo
Leitão 3 horas, em média (dependendo do peso)
Peixe 15 minutos por quilo limpo
Pernil suíno 1 hora por quilo
Peru 3 horas, em média (dependendo do peso)
Porco 1 e 1/2 hora, em média, por quilo
Vitela 1 hora, em média, por quilo

Forno: dicas

  • 5 a 8 minutos são suficientes para que o forno atinja a temperatura necessária.
  • Reduzir a chama à metade logo que bolos, tortas ou outros doces tenham começado a corar.
  • Ao assar carne ou pão, o fogo deve ser apagado uns 10 minutos antes de retirar do forno.
  • Em forno forte assam-se rosbife, empadas e os pratos e bolos que, nas receitas, trouxerem essa indicação.
  • Em forno quente assam-se todas as massas, pastas e doces que requeiram esse forno, conforme a receita, como certas tortas de frutas, caixinhas de massas, folhados, bons-bocados, pudins e alguns bolos.
  • Em forno baixo devem ser assados os flans, as terrines, os tomates secos e outras receitas com essa indicação.
  • Em forno arrefecido torram-se pães, fatias de pão-de-ló e suspiros. Serve também para secar alguns doces.

Cozimento no Forno

É o caso de algumas receitas de carnes cozidas em algum líquido no forno. Aproveite as dimensões amplas do forno, cozinhando diversos pratos ao mesmo tempo. Coloque as  assadeiras e panelas (que possam ser aquecidas por inteiro) de maneira que o calor circule por todos os lados. Faça o possível para não abrir o forno senão na hora de tirar os alimentos.

Dicas: Trigo Branco

Trigo Branco O trigo branco é uma variedade da gramínea. Seu sabor é mais suave, porque tem menos compostos fenólicos e taninos na película do que os grãos escuros.

Refogado e cozido como o arroz, o trigo branco pode ser servido com carnes, aves ou peixes. Pode ser usado em sopas e saladas.

É bom para evitar doenças nos intestinos, pelo fato de que é rico em fibras insolúveis e também moléstias como a diverculite, o cálculo biliar e o câncer de intestino.

E é ruim para portadores de doença celíaca, pois contém glúten, proteína presente também na aveia, no centeio e na cevada que causa neles uma série de distúrbios intestinais.

Como Escolher o Trigo Branco:

  • É possível encontrá-lo em mercearias de produtos árabes, nos mercados municipais ou nas casas de artigos naturais.
  • Observe sempre se os grãos estão íntegros, secos e soltos.
  • Veja se não há sinal de carucho ou de resíduos no fundo da embalagem (pode ser indicação da presença de insetos).
  • Observe na embalagem o prazo de validade, o número de registro no Ministério da Saúde e informações sobre o fabricante.
  • Em casa, guarde em local fresco em recipiente bem tampado.
  • Quanto ao triguilho, é possível encontrar grãos mais miúdos ou mais graúdos. Os maiores são indicados para pratos cozidos, como sopas. Os mais finos podem ser usados em qualquer tipo de prato.

Como Preparar o Trigo Branco:

  • Lave bem os grãos em água corrente.
  • Cubra com água e reserve de um dia para o outro, ou no mínimo por 6 horas. Escorra. Cozinhe em panela tampada com água ou caldo de vegetais na proporção de 2 xícaras de água (ou caldo) para 1 xícara de grão. Em fogo baixo, estarão cozidos em 1 hora, ou um pouco mais.
  • O grão é resistente à cocção, de forma que dificilmente ficará mole demais, mesmo se exceder o tempo no fogo. Quando cozido, fica com a película rachada.
  • Pode ser refogado antes de cozinhar ou depois de cozido.
  • Para apressar o cozimento, utilize a panela de pressão e fogo baixo. Abra a panela 1/2 hora e veja se cozinhou, se não, cozinhe mais.

Panelas de Pressão – Tempo de Cozimento

Muito úteis na cozinha, economizando tempo e energia. Escolha uma marca confiável, pois é um equipamento que requer precauções ao ser utilizado. Deve-se tomar cuidado ao abrir a panela após o cozimento. É obrigatório aguardar que a pressão diminua, pois pode ser perigoso abrir a panela enquanto ela ainda estiver com a pressão elevada.

A seguir, uma tabela que indica o tempo médio de cocção, após a fervura,  dos alimentos em panela de pressão.

Ingrediente Tempo aproximado de cocção
Feijão 30 minutos
Grão-de-bico 30 minutos
Carne fresca 30 minutos
Carne ensopada 30 minutos
Carne de porco 20 minutos
Bolinho de carne 10 minutos
Costela de porco 10 minutos
Frango ensopado 20 minutos
Língua bovina 60 minutos
Canjica 35 minutos
Ervilha 12 minutos
Lentilha 20 a 25 minutos
Canja 20 a 25 minutos
Sopa de batata 15 minutos
Sopa de carne 45 minutos
Sopa de feijão 30 minutos
Sopa de legumes 10 minutos

Legumes podem ser cozidos na panela de pressão, mas seu tempo de cozimento é tão reduzido que acho que nem vale a pena.

Cuidado com o feijão fradinho, o tempo de cozimento é menor que o feijão preto. Acho mais fácil cozinhá-lo fora da pressão, assim não corre o risco dele cozinhar demais.